Postagens Recentes

16 de jul de 2016

Resenha: No limite do desejo


Título: No limite do desejo
Autor(a): Katie McGarry
Editora: Verus
Número de páginas: 350
Sinopse: Haley é campeã de kickboxing, mas, após enfrentar uma tragédia, jurou nunca mais pôr os pés no ringue. Até o dia em que o cara em quem ela não consegue parar de pensar aceita uma luta de MMA em homenagem a ela. De repente, Haley tem de treinar West Young. Cheio de atitude, West é tudo o que Haley prometeu a si mesma evitar. Ainda assim, ele não vai durar cinco minutos no ringue sem a ajuda dela. West está escondendo um grande segredo de Haley, sobre quem ele realmente é. Mas ajudá-la lutar por ela é uma chance para a redenção. Ele não pode mudar o passado, mas talvez possa mudar o futuro de Haley. Haley e West combinaram de manter o relacionamento estritamente dentro do ringue. Mas, conforme uma ligação inesperada se forma entre eles e o desejo chega ao limite, eles terão de enfrentar seus medos mais obscuros e descobrir se vale a pena lutar pelo amor.
 
''Estou apaixonado por você. Estou apaixonado por você e não sei como fazer você se sentir melhor. Estou apaixonado por você e não devia estar. Estou apaixonado por você e, quando descobrir quem sou, você não vai me amar. Estou apaixonado por você e sempre ferro com quem me ama de volta.''
Okay, não é segredo nenhum que eu estava super louca pra ler esse livro - que como já era de se esperar, é um sucesso. Antes mesmo de começar a abranger a respeito da história, vale logo ressaltar agora no começo que é um enredo que retrata tantos assuntos importantes, que o leitor obviamente tem que observá-lo como um gênero muito além do romance.

Haley é uma campeã de kickboxing que acabou abandonando a vida dentro dos ringues depois de passar por um momento trágico. Ela é o tipo de garota que está destroçada por dentro. Como se já não bastasse esse problema, sua vida ainda é recheada de uma série de acontecimentos que só fazem levá-la a crer que as coisas nunca dariam certo.

Perdida. As coisas nunca parecem dar certo para a mocinha e a tão famosa luz no fim do túnel também não é fácil de achar. Mas sabe uma das melhores coisas nessa personagem? Embora encontre-se, literalmente falando, no meio de um caos, ela não é de se fazer de coitadinha e ficar esperando pena dos demais que ficam à sua volta. Cheia de problemas, bate de frente com cada um deles e conta apenas com si mesma para enfrentá-los.

Quando fugia de caras que queriam roubar os remédios do seu pai, seu caminho cruza de forma inusitada com West Young - onde num momento para livrá-la de um problema acaba criando um maior. A verdade é que West também convive com seus próprios demônios e são dois personagens passando por um período de tantas dificuldades que posso dizer que ambos juntos fazem tudo entrar em combustão.


''Escuto a respiração dele, sinto o movimento do peito e me concentro na delicadeza dos dedos segurando os meus. Minha mente vaga, e não vivo mais em um sótão, a escuridão não me atormenta mais com meus medos. Abrigada, aquecida e protegida pelos braços fortes, durmo.''

West vai lutar uma luta de MMA por ela e se Haley não lhe treinar, o garoto não vai durar nem cinco minutos. O relacionamento dos dois vai muito além do ringue, tal coisa ela não imaginava ter que lidar. A escrita da autora é muito boa, sem detalhes desnecessários para cansar a leitura, ela coloca o ponto certo para ambientar cada situação.

A leitura em determinados momentos me dava raiva, por achar que a personagem estava sendo um tanto egoísta, em outros por estar cansada de tanta dramatização. Ultimamente, a maioria das histórias que venho lendo é a mocinha quem mais coloca empecilhos para o relacionamento e o não querer achar uma solução ou uma brecha já estava enchendo o meu saco. Haley, mulher, vou te dar umas sacudidas.

O livro é o quarto volume da série 'No limite', mas são histórias independentes. Claro que é bem legal se você ler as outras obras, mas todas elas podem ser lidas foram de ordem que não vai influenciar na leitura. Já conheciam? Leram? O que acharam?
 

''Isso é tudo que somos? Ações e reações contínuas? Não temos nenhum controle sobre nosso futuro? Um papelzinho-cor-de-rosa e perdemos a casa... E eu perco meu pai? Uma decisão de namorar o cara errado e perco Jax e Kaden? Um passo em falso na calçada e meu destino se enrosca no de um estranho? Se isso é verdade, a vida é um jogo patético e doentio.''

 ↪Adicione ''No limite do desejo'' à sua lista no skoob

Postado por Anni

11 comentários:

  1. Oi Anni,
    Esse livro foi meu primeiro contato com a autora, foi fora de ordem mesmo e não me arrependi. Adorei a leitura, tão fluída, né? Quero ler os outros, pelo visto valem a pena também.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ale! Realmente não tem problema por ser fora de ordem.
      Com certeza vale a pena.
      Beijos

      Excluir
  2. Não li o livro, mas entendo perfeitamente a vontade de dar umas sacudidas rsrsrsrs De qualquer forma ainda quero conhecer os outros livros da série!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá vontade mesmo kkkkkk
      Conheça sim, vai adorar! beeijos

      Excluir
  3. Não conhecia o livro,mas pela resenha parece ser bom, já li alguns romances assim e realmente é entediante quando os personagens colocam empecilhos até demais para atrapalhar o relacionamento. Bjos!

    Blog Literário 2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é bom sim. Não é? Quando os personagens colocam empecilhos o tempo inteiro me dá raiva kkkk
      beijos

      Excluir
  4. Oi, Anni!
    Também cansei de mocinhas que colocam empecilho em tudo. Graças a Deus, os últimos que ando lendo do gênero as mocinhas não são assim #yay
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luiza!
      Mocinhas assim me irritam kkkkk ainda bem o/ beijos

      Excluir
  5. Eu também morro de agonia com essas mocinha que não facilitam as coisas kkkkk
    Amei a resenha.
    Beijos
    www.infinitafeminice.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oie, oie, oie !!!
    Já tinha ouvido falar nessa série No Limite, mas olha, vou te falar ... As histórias nunca conseguiram me deixar curiosa, acho que isso acontece pelo fato de que não sou a maior fã de livros como esse, de histórias como essa, por isso nunca me pego dando uma chance pois já sei que não vou curtir muito.
    Fico feliz por saber que gostou da obra, e mesmo com esses empecilhos criados pela personagem, a leitura foi proveitosa !!! ^^

    Beijinhos
    Hear the Bells

    ResponderExcluir

Qualquer dúvida e/ou sugestão, pode entrar em contato através do e-mail masenstale@hotmail.com
Enjoy!